Da causa

Entrega da Positio na Congregação para as Causas dos Santos.

No dia 28 de novembro de 2016, o processo de preparação da Positio da Madre María Félix. Este volume de mais de oitocentenas páginas recolhe: uma relação detalhada das virtudes da Madre; um resumo das declarações das testemunhas e dos documentos mais relevantes sobre sua vida, virtudes e fama de santidade, uma biografia baseada nesses mesmos textos, e outros documentos relacionados com desenvolvimento da Causa da Canonização Agora começa na Congregação para as Causas dos Santos um processo de análise e exâmes que procura provar o exercício heróico das virtudes e, se Deus quiser e for confirmado com milagres, seguirá a Beatificação e culminará com a Canonização.

Conclui a fase diocesana para canonizar a Madre Félix

Agora, depois de vários anos de estudar os detalhes de sua vida e reunir dados e testemunhos, a fase diocesana da Causa da Canonização da Madre Félix, acaba de ser concluída e continuará seu curso na Santa Sé. Durante o encerramento do processo, presidido pelo Cardeal Arcebispo de Madri, "para que o processo possa concluir como Deus quer, "nossas orações também devem acompanhar" o material enviado a Roma," disse o Cardeal Rouco. O Cardeal também destacou a relevância do testemunho da Madre Felix: a sua vida como aluna e apóstolo, a dedicação à formação da juventude e sua fidelidade à vontade de Deus na busca dos caminhos da vida religiosa, inserindo sua Congregação em um novo milênio.

Cf. Artigo publicado no Semanario Religioso Alfa y Omega Nº 765 / 22-XII-2011

Sessão de abertura da Causa de Canonização

Na tarde do sábado 24 de janeiro, o cardeal arcebispo de Madri, Antonio María Rouco Varela, presidiu a primeira sessão do processo de Canonização da Madre María Félix. Diante de mais de mil pessoas reunidas no Colégio Mater Salvatoris de Madri - muitos deles provenientes dos EUA, Porto Rico e Venezuela - o Tribunal foi constituído e os juramentos prescritos pelo direito canônico O cardeal Rouco enfatizou que, « diante de alguns cuja santidade "chega tarde", a Madre Félix parece haver estado sempre acompanhada pela sua santidade: na infância, na sua juventude, e na vida consagrada». « Nos anos difíceis e complexos do pós-concilio, diante das interpretações da ruptura, ela soube viver uma continuidade espiritual e uma fidelidade criativa que fizeram sua Congregação desfrutar de uma fecundidade admirável».