A fama da santidade da Madre: nos 5 continentes!

Cada vez são mais e mais cartas de pessoas que escrevem para contar um favor que receberam ou pedir à Madre sua intercessão em situações difíceis. Desde o dia de sua morte até 2005, sua fama de santidade se espalhou por toda a Espanha e Venezuela, en torno das escolas, começaram a receber-se testemunhos e favores. A partir de 2007, sua fama da santidade se espalhou a novas regiões da Europa e desde regiões dos Estados Unidos aonde a Companhia do Salvador não estava presente. Em 2009, para a abertura da Causa, várias famílias trouxeram favores escritos para depositar ante o túmulo da Madre. Naquele ano, sua fama se espalhou até a Costa Rica e as Filipinas. Desde então, o aumento foi progressivo: Peru, Argentina, Cuba, México, Brasil, Colômbia, Bolívia, Canadá, Indonésia, Tailândia, Índia, Malásia, Vietnã, África do Sul ...; Com Mounaya, aluna do Colégio Mater Salvatoris Kalalé em Benim, a devoçáo à Madre não só tocou o continente africano, mas também provocou uma cadeia de oração intercontinental.

 

O Mater Salvatoris nos EUA!

O projeto de um colégio Mater Salvatoris nos EUA foi um dos mais queridos pela Madre Félix, porém ela não pôde vê-lo realizado durante sua vida. Hoje, a Companhia do Salvador renova esse projeto.

Em 1961, as Religiosas da Companhia do Salvador, através do Servo de Deus, o Padre Patrick Peyton, CSC, chegaram aos Estados Unidos. Foi um projeto muito importante para a Madre Félix que via como muitas das alunas do Mater Salvatoris na Venezuela emigravam para os EUA, e ela não queria que perdessem a oportunidade de continuar sua formação no Mater. Por mais de 50 anos, as Religiosas ensinaram em escolas paroquiais. No entanto, o encerramento de muitas delas nos últimos anos provocou uma necessidade providencial: iniciar o projeto de um Mater Salvatoris nos EUA. De acordo com Mons. Frank Caggiano, Bispo de Bridgeport, a Companhia do Salvador abrirá as portas de seu primeiro colégio na América do Norte em setembro de 2018. Assim, tenta responder ao desejo que a Madre expressou em sua oração em 31 de agosto de 1988: "Sua maior glória, o serviço à Igreja, amar você com toda a minha alma, levá-lo a muitas almas é o que você me pediu, e eu queria e quero."

 

Padre Mendizábal, Diretor Espiritual da Madre María Félix

No dia 18 de janeiro, morreu em Alcalá de Henares o Padre Mendizábal, diretor espiritual da Madre Félix durante os últimos vinte anos de sua vida.

A Madre María Félix conheceu o Padre Mendizábal em 1972, em um dos exercícios espirituais nos quais ele pregava. Foi em 1979, após a morte do Padre Mazón, quando ela colocou-se sob sua orientação espiritual. A Madre sempre viu nele um homem de Deus e um profundo conhecedor de Sua ação nas almas.

A conexão espiritual entre os dois foi imediata, nascida de uma profunda união com Cristo. O Padre Mendizábal, em seu prólogo à ediçã dos escritos autobiográficos da Madre, escreveu: tive o privilégio de tratar a Madre Félix espiritualmente em sua maturidade por muitos anos. E sempre tive a impressão de encontrar-me diante de uma pessoa de um nível superior, uma mulher extraordinária em sua mente, em sua grandeza de coração, em sua visão das coisas, em sua elevação de espírito, em seu amor por Jesus Cristo e Santo Inácio, em sua dedicação ilimitada, em sua fidelidade a um carisma que lhe trouxe muitos enigmas e problemas, mas para o qual ele permaneceu fiel ao longo de sua vida, por meio de muitos sofrimentos e muitas alegrias que o Senhor lhe concedeu.

Graças a essa relação, as irmãs da Companhia do Salvador se beneficiaram da paternidade espiritual deste fiel filho de Santo Inácio, que se tornou um extraordinário confessor e diretor de Exercícios da Companhia do Salvador por quase 20 anos. A última vez que ele esteve no Colégio Mater Salvatoris em Madri foi no dia 21 de junho de 2016, na apresentação de seu livro Os Mistérios da Vida de Cristo , publicado pela BAC como parte de sua coleção Cor Christi.

Confiamos ao Senhor o seu eterno descanso e esperamos que ele, que ajudou tanto a Companhia do Salvador na vida, continue fazendo-o desde o céu.

 

Falece Ángel Félix

No dia 23 de dezembro de 2016, Ángel Félix, o irmão mais novo da Madre Félix, a quem ela apelidou carinhosamente de "Angelitín", falece.

Com ele, acaba uma toda geração de pessoas muito íntimas à Madre e à memória viva de seu sorriso, sua percepção e seu senso de humor. Aos 102 anos, Ángel continuou compondo poesia, publicando na Internet e caminhando livremente por Barcelona. Ele seguiu com prazer o avanço da Causa da Canonização de sua irmã e estava entusiasmado ao ver crescer a Companhia (com a qual colaborou como um de seus primeiros professores) por outras partes do mundo. Esperamos que a Madre Félix, que o amou de uma maneira especial, tenha ido ao seu encontro no céu.